Notícias

Nasce o Capetinha que apimentou os clássicos de 2002, pela Sul-Minas

Por Alexandre Simões, 17/09/2020 às 14:55
atualizado em: 17/09/2020 às 14:56

Texto:

Foto: Reprodução/ TV Globo
Reprodução/ TV Globo

Em Salvador (BA), em 1970, nasce Edílson da Silva Ferreira, meia-atacante que ganhou o apelido de Capetinha e fez história na sua curta passagem pela Toca da Raposa II.

Logo no seu primeiro clássico contra o Atlético, em 23 de fevereiro de 2002, pela Copa Sul-Minas, foi dele o gol do empate cruzeirense em partida que terminou 1 a 1.

Formando o ataque com Fábio Júnior, ele foi um dos destaques do Cruzeiro na competição, que o clube conquistou após passar pelo rival nas semifinais.

O bom futebol com a camisa celeste manteve Edílson na Seleção Brasileira, de Luiz Felipe Scolari, e ele foi pentacampeão do mundo em 2002, na Coreia do Sul e Japão, como jogador do Cruzeiro, pois ele só deixou o clube após a Copa.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link