Notícias

Rússia bombardeia Kiev durante visita do secretário-geral da ONU

Foram os primeiros ataques na capital desde meados de abril

Por com informações da AFP e Ansa Flash | 28/04/2022 às 16:33
Inna Sovsun / Twitter
Foto: Inna Sovsun / Twitter

Guterres se disse chocado com o ataque

A capital ucraniana, Kiev, foi alvo de ataques na noite desta quinta-feira (28), em plea visita do secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, e pela primeira vez desde meados de abril, constataram jornalistas da AFP.

Correspondentes da AFP viram um andar de um prédio em chamas, janelas quebradas, uma forte presença policial e equipes de resgate.

O prefeito de Kiev, Vitali Klitschko, confirmou no Telegram "dois ataques" em um dos bairros da capital e afirmou que o ataque ocorreu no distrito de Shevchenkivskyi, "atingindo os andares inferiores de um edifício residencial. Socorristas e médicos estão trabalhando no local. Eles inspecionam as casas próximas e tiram as pessoas. Até agora, três vítimas foram hospitalizadas".

 O ataque com mísseis russos esta noite em Kiev "me chocou. Não porque eu estivesse aqui, mas porque Kiev é uma cidade sagrada tanto para ucranianos quanto para russos", disse o secretário-geral da ONU, António Guterres, citado pela mídia portuguesa.

Logo depois ao ataque, o sistema de defesa antiaéreo da Ucrânia derrubou três mísseis russos sobre a região de Odessa. A informação foi divulgada no Telegram pelo chefe da administração regional, Maksym Marcenko. Rastros de fumaça ainda podem ser vistos no céu sobre a cidade

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou