Notícias

Armas de fogo mataram mais crianças que policiais em serviço nos Estados Unidos em 2022

Dados mostram 27 tiroteios em escolas no país neste ano

Por Luis Otávio Peçanha* | 31/05/2022 às 09:39
Reprodução/Street View
Foto: Reprodução/Street View

Houveram 119 tiroteios no país desde o ano de 2018

A revista americana ‘Newsweek’ realizou um levantamento que mostrou que o número de crianças que faleceram por disparos de armas de fogo é maior que o número de policiais mortos pelo mesmo motivo em 2022.

O último atentado, que aconteceu na Robb Elementary, escola de ensino fundamental em Uvalde, Texas, na última terça (24), teve 21 vítimas, entre elas, 19 crianças, que elevou o índice e superou o número de óbitos de policiais.

Sites especializados trouxeram à tona a realidade vivida pelos Estados Unidos nos últimos anos.

Policiais

O site Officer Down Memorial Page (Memorial do Oficial Abatido) contabiliza os óbitos de policiais e serviço e presta homenagem aos mesmo. De acordo com informações da plataforma, no ano de 2022, 20 policiais faleceram durante confronto armado.

Crianças

O site Memorial Week, ONG especialista em informações e dados sobre educação no país, mostra que 24 crianças faleceram por disparos de armas de fogo neste ano.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou