Notícias

O que vale mais a pena: comer em casa ou fora? Especialista avalia prós e contras 

Por Redação, 12/06/2019 às 11:57
atualizado em: 12/06/2019 às 12:03

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil
Antonio Cruz/ Agência Brasil

Uma pergunta que parece simples, mas que esconde uma conta complexa. A decisão de comer em casa ou na rua depende de vários fatores, como o tamanho da família, renda, saber (e querer) cozinhar, preferências por qualidade ou variedade entre outros fatores. 

Por isso, ainda que o custo médio do quilo da comida fora de casa seja de R$ 40, não é possível dizer que todos vão optar por comer em casa. A conta do custo e benefício é individual e as duas possibilidades, comer e casa ou fora, tem prós em contras.

OUÇA A MATÉRIA COMPLETA COM A REPÓRTER ALESSANDRA MENDES!

De acordo com Thaíse Martins, coordenadora de pesquisa do Instituto de Pesquisas Econômicas Administrativas e Contábeis de Minas, a decisão passa principalmente pelo gasto financeiro e pela economia de tempo.

“A família que não tem condição de manter aquele custo, possivelmente vai optar pela refeição preparada em casa e levar marmitas e lanches para o trabalho. Agora famílias que possam manter gastos elevados ou quem more sozinho podem preferir comer fora de casa para economizar tempo”, explica. 

Comer fora

Prós: diversidade dos pratos; economia de tempo; praticidade.

Contras: preços podem ser elevados; em alguns caso, não é possível ter certeza da qualidade dos produtos. 

Comer em casa 

Prós: garantia de qualidade, já que o próprio consumidor é quem compra o produto; economia, podendo selecionar os produtos mais em conta e produzindo maiores quantidades de acordo com a demanda.

Contras: baixa diversidade de opções, já que as opções podem estar restritas ao valor dos produtos.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link