Notícias

Comandante da PM em Minas diz que violência diminuiu e revela aumento do efetivo

Por Redação, 08/10/2019 às 15:15
atualizado em: 08/10/2019 às 15:41

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Flávia Bernardo/ALMG
Flávia Bernardo/ALMG

O comandante-geral da Polícia Militar (PM) em Minas, coronel Geovanne Gomes da Silva, foi sabatinado na manhã desta terça-feira na Assembleia Legislativa, no segundo dia da segunda etapa do Assembleia Fiscaliza, em que secretários de estado e presidentes de estatais respondem a perguntas dos deputados estaduais.

O militar anunciou redução na violência no estado neste ano em relação ao anterior: - 59% em explosão de caixas eletrônicos, - 38% em furto de veículos, - 18% em homicídios e - 16% de estupros.

O coronel afirmou que o efetivo da polícia aumentará. Há 40 mil homens e mulheres, com déficit de 16 mil. O número de policiais que atua no setor administrativo passará de 5,7% para 2,7%. No início do ano que vem, começarão a trabalhar nas ruas 1,5 mil novos PMs. Haverá ampliação da patrulha contra a violência doméstica e a rural.

Segundo o comandante, o governador Romeu Zema (Novo) prometeu recompor o efetivo, com turma de formação de soldados para Belo Horizonte em fevereiro e para o interior em maio e sinalizou o aproveitamento do excedente ou novo concurso no fim do ano que vem.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link